Bem-vindo à documentação pagar.me

Aqui você vai encontrar guias e exemplos para te ajudar
a integrar com a melhor API de Pagamentos do Brasil!

Começar

Você também pode buscar ou navegar pelas categorias

Como começar a usar o Pagar.me

Começar a usar o Pagar.me é muito simples:

  1. Peça uma proposta comercial
  2. Crie uma conta no Pagar.me
  3. Integre a sua loja ao nosso sistema

Existem dois fluxos que precisam ser seguidos para conectar o seu site ao nosso sistema de pagamentos: o fluxo de negócio (comercial) e o fluxo de integração — ao final deles a sua loja vai estar pronta para aceitar pagamentos online com segurança através do Pagar.me.

Veja a seguir os passos necessários para começar a usar.

1. Peça uma proposta comercial

Entre no site do Pagar.me e escolha a opção que mais se adequa ao seu negócio. Preencha então um pequeno formulário para que o nosso time entre em contato o mais rapidamente possível.

Para agilizar esse processo, recomendamos que você garanta de antemão que o seu site possui os itens a seguir visíveis. Essas exigências são baseadas na Lei do Comércio Eletrônico (Decreto nº7.962), no Código de Defesa do Consumidor e nas políticas internas do Pagar.me.

  • E-commerce ou app ativo com produtos ou serviços. Isto é, não integramos páginas institucionais ou redes sociais;
  • Produtos ou serviços precificados;
  • CNPJ no rodapé;
  • Informações de contato — e-mail ou telefone — visíveis no site.
  • Termos necessários para e-commerce de produtos:
    • Políticas de entrega com prazo;
    • Políticas de cancelamento e arrependimento: prazo de 7 dias (de acordo com o Código de Defesa do Consumidor) e política de ressarcimento do valor do produto;
    • Políticas de troca: direitos e deveres na troca e prazo.
  • Termos necessários para e-commerce de serviços:
    • Termos de uso: regras de conduta, responsabilidades de ambas as partes, formas e condições de pagamento;
    • Políticas de cancelamento e arrependimento: prazo de 7 dias (de acordo com o Código de Defesa do Consumidor) e política de ressarcimento do valor do produto.

Após recebermos a sua solicitação, vamos entrar em contato com uma proposta comercial adequada para o seu modelo de negócio. Neste momento também mandamos seus dados para o nosso time de credenciamento, que faz uma análise da sua operação.

Se você já transaciona com outro meio de pagamento, pode nos mandar o seu extrato para que possamos já estudar a liberação de um método de antecipação para a sua conta.

2. Crie uma conta no Pagar.me

Para seguir com a integração de negócio e para testar a integração técnica, crie uma conta em cadastro.pagar.me, já utilizando o mesmo e-mail com o qual você fez o cadastro no site. Ao fazer isso você ganha acesso à sua Dashboard e às chaves de teste, que são utilizadas para autorizar testes no nosso sistema.

Atenção!

Até que a sua loja passe pela etapa comercial e análise do nosso time de credenciamento e receba as chaves de produção, todas as transações são criadas em ambiente de teste e não geram recebíveis reais.

Além disso, a integração técnica não garante a integração comercial, então para a sua comodidade recomendamos realizar os dois fluxos em paralelo.

3. Integre a sua loja ao nosso sistema

Assim que a sua conta é aprovada por nosso time de credenciamento, você recebe as chaves de produção e pode fazer a integração do seu site com o nosso sistema.

Existem duas formas de fazer o processo de integração técnica: você pode usar uma plataforma de e-commerce ou realizar a integração da sua loja diretamente com a nossa API.

Saiba mais sobre as plataformas de e-commerce que possuem suporte ao Pagar.me clicando aqui.

Para integrar sua loja utilizando a nossa API, basta seguir o passo a passo mostrado na nossa documentação. Se você tiver alguma dúvida técnica durante esse processo, pode entrar em contato com o nosso time de Suporte pelo e-mail suporte@pagar.me.

Voltar para os Guias